Curiosidades

Saiba como alcançar melhor desempenho praticando exercícios para o surf com um treino fora d’água

Surfar em si já é um exercício e tanto. Então você deve estar se perguntando, mais exercícios para o surf? Precisa mesmo? O MyQuiver foi atrás dessa resposta, para te mostrar que um treino específico faz toda diferença na hora de pegar onda.

O surf trabalha diferentes partes do corpo e para cada uma delas é preciso um cuidado específico. Um treino direcionado pode evitar que você se machuque e ajuda a melhorar o desempenho na hora de pegar onda.

Segundo o educador físico, especialista em medicina do esporte e fundador da startup de saúde digital Pense Levemente, Thiago Vendramini, a preocupação começa antes mesmo da prática da atividade. “É importante passar por uma avaliação de um cardiologista. Qualquer prática de atividade física requer um aval do médico e isso também é válido para o surf.”, declarou Thiago.

Outro ponto muito importante é procurar um educador físico para fazer uma avaliação física e para traçar os objetivos da pessoa, para aí sim montar um treino direcionado. Procurar uma nutricionista para aliar uma dieta equilibrada, cuidar do sono, da mente, são outros fatores que impactam no desempenho do treino e do surf.

Treino específico para o surf

De acordo com Thiago, como qualquer esporte, a ideia da preparação física é a de pegar o movimento que a pessoa faz realizando o esporte e “destrinchar” ele, para assim fazer pequenos trabalhos específicos em torno de um movimento maior e bastante complexo.

“A intenção é trabalhar em partes, tentar trazer todos os movimentos do surf para o treino, possibilitando que a pessoa se aproxime ao máximo do que ela faz na água e assim poder melhorar na hora de surfar.”

Algumas coisas são muito importantes para serem trabalhadas nos exercícios para o surf. O equilíbrio é um deles, a força, velocidade, resistência de membros superiores e inferiores, agilidade, respiração, condicionamento cardiovascular. Um treino para surfar deve englobar de tudo um pouco para alcançar um melhor resultado.

A diferença entre amador e profissional

Sim existe uma enorme diferença na rotina de um surfista profissional para um amador, mas ambos devem se preocupar com a prática de atividade física fora da água.

O atleta profissional que faz um treino árduo e específico está voltado em atingir resultados, seu treino tem foco nisto. Já o treino do amador, o surfista de final de semana, que pegam onda por prazer, tem a intenção de melhorar o desempenho, mas com foco na saúde, melhorar os fatores de risco, desenvolver habilidades motoras, físicas e psicológicas.

A dica do Thiago é que mesmo para este surfista amador, que vai só aos finais de semana, não deixar de lado um treino complementar e pedir para o educador físico que o acompanha inserir na sua rotina, exercícios com foco em trabalhar os movimentos do surf, fazer um trabalho de musculação e aeróbico.

Tá começando a surfar agora? Quer mais dicas? Confira nosso post 4 dicas para quem quer começar a surfar do zero. Clique aqui.

Fique por dentro de tudo que acontece no surf. Siga nossas redes sociais e encontre tudo que você precisa para pegar sua onda!

Clique para comentar

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

^ Subir